Kursk

Kursk

Kursk (em russo: Курск , IPA:  [kursk] ) é uma cidade e centro administrativo do Oblast de Kursk , na Rússia , localizada na confluência dos rios Kur , Tuskar e Seym . A área ao redor de Kursk foi o local de um ponto de virada na luta soviético-alemã durante a Segunda Guerra Mundial e o local das maiores batalhas de tanques da história . População: 415.159 ( Censo 2010 ) ; [5] 412.442 ( Censo 2002 ) ;[12] 424.239 ( Censo de 1989 ) . [13]

Kursk
Курск
Vista da rua Kursk
Vista da rua Kursk
Bandeira de Kursk
Brasão de armas de Kursk
Localização de Kursk
Kursk está localizado em Kursk Oblast
Kursk
Kursk
Localização de Kursk
Kursk está localizado na Rússia Europeia
Kursk
Kursk
Kursk (Rússia Europeia)
Kursk está localizado na Europa
Kursk
Kursk
Kursk (Europa)
Coordenadas: 51°43′N 36°11′E / 51,717°N 36,183°E / 51.717; 36.183 Coordenadas : 51°43′N 36°11′E  / 51,717°N 36,183°E / 51.717; 36.183
País Rússia
Assunto federal Oblast de Kursk [1]
Mencionado pela primeira vez 1032 [2]
Situação da cidade desde 1779 [3]
Governo
 • Corpo Assembléia da cidade de Kursk ( russo : Курское городское Собрание )
 • Cabeça Alexandre Zakurdayev
Área
[4]
 • Total 188,75 km 2 (72,88 milhas quadradas)
Elevação
250 m (820 pés)
População
 ( Censo 2010 ) [5]
 • Total 415.159
 • Estimativa 
(2018) [6]
448.733 ( +8,1% )
 • Classificação 42º em 2010
 • Densidade 2.200/km 2 (5.700/sq mi)
 •  Subordinado a cidade de significado oblast de Kursk [1]
 •  Capital de Kursk Oblast [7] [8] , Kursky District [1]
 •  Okrug urbano Kursk Urban Okrug [9]
 •  Capital de Kursk Urban Okrug [9] , Distrito Municipal de Kursky [9]
Fuso horário UTC+3 ( MSK  [10] )Edite isso no Wikidata
Código(s) postal(is) [11]
305000
Código(s) de discagem +7 4712
ID OKTMO 38701000001
Dia da Cidade 25 de setembro
Local na rede Internet www.kurskadmin.ru _ _

Geografia

Layout urbano

Kursk foi originalmente construída como uma cidade fortaleza, em uma colina que domina a planície. O assentamento foi cercado em três lados por penhascos e rios íngremes. Do oeste, o rio Kur , do sul e do leste, o rio Tuskar , e do norte, matagais florestais se aproximavam. Em 1603, Kursk havia se tornado um grande centro militar, administrativo e econômico de um vasto território no sul do país. A nova fortaleza foi construída sob a liderança do governador Ivan Polev e Nelyub Ogaryov. A fortaleza de Kursk recebeu um papel particularmente importante, pois nesses lugares os tártaros da Crimeia , que faziam incursões regulares na Rússia, tradicionalmente cruzavam o rio Seym e sua estrada principal, a trilha Muravsky, passou a leste da cidade. Nesse sentido, Kursk, apesar de não fazer parte da Linha de Proteção de Belgorod, [14] tornou-se uma das fortalezas mais importantes da região sul. A importância da fortaleza de Kursk é evidente pelo fato de que na primeira metade do século XVII superou significativamente outras cidades do sul da Rússia em termos de número de pessoas. Em 1616 havia 1600 pessoas na guarnição de Kursk. [15]

Em 1782, os edifícios de Kursk estavam localizados nas alturas de duas colinas e no vale do rio Kur. Nas margens do rio havia prados e pastagens. As ruas da cidade que se estendiam nas encostas das colinas tinham subidas e descidas íngremes em muitos lugares, de modo que as viagens na cidade eram quase sempre feitas em subidas. A presença de seis ravinas que cortam a colina da parte de Nagornaya prejudicou significativamente o desenvolvimento de Kursk. As fortes chuvas às vezes erodiam o solo das encostas e formavam valas e ravinas. O plano de Kursk em 1782 deveria ser implementado nas condições dos edifícios existentes da cidade. Na década de 1880 Kursk já era um assentamento significativo. Abrigava 14 igrejas, não incluindo as igrejas do Mosteiro Znamensky. A maioria deles era de pedra e construída por volta do período 1730-1786. Em 1782 Kursk foi quase inteiramente construído com casas de madeira. Cercas e serviços saíam em direção às ruas, e as casas escondiam-se nas profundezas dos pátios. Muitas ruas e pistas não eram mais largas do que 2,5 - 3m. A única mansão de pedra que sobreviveu após a reconstrução até o momento está localizada na esquina das ruas Pionerov (antiga Troitskaya) e Gaidar (antiga Zolotarevskaya). Na véspera da perestroika, havia fortificações poderosas e obstáculos naturais no centro de Kursk. Assentamentos foram localizados ao redor da cidade. Cossaco e Pushkarnaya estavam nas encostas das colinas e no vale do rio Kur, Yamskaya - longe da cidade, na planície. Naquela época, Yamskaya era uma pequena vila concentrada em torno da igreja Vvedenskaya.[16]

O princípio da regularidade foi aplicado na estrutura do layout geral de Kursk. No plano de 1782 Kursk é mostrado como consistindo de duas partes: cidade ou Nagornaya e Zakurnaya. Eles são separados um do outro pelo vale do rio Kura. Cada uma dessas partes é dividida em blocos retangulares regulares localizados em ambos os lados das ruas principais planejadas - Bolshaya Moskovskaya (Lenina) e Kherson (Dzerzhinsky). Na parte da cidade de Nagornaya, foram planejadas 19 ruas e na parte de Zakurnaya - 24 ruas. Na entrada da cidade, no início das ruas Moskovskaya e Kherson, foi planejado organizar as praças de entrada. Os restos da antiga prisão foram destruídos, e “o fosso foi enterrado de acordo com o plano da cidade, que foi mais confirmado em 1782, e uma praça chamada “vermelho” foi feita em seu lugar. A construção de pequenas áreas também estava prevista para várias igrejas em toda a cidade. O território de ambas as partes da cidade, onde não era limitado por rios e ravinas profundas, foi planejado para ser cercado por uma vala e uma muralha. A área ocupada pela cidade de acordo com o novo plano totalizava aproximadamente 3.060 mil braças quadradas, o que corresponde a 12,24 quilômetros quadrados. A principal desvantagem do projeto foi que não levou em consideração o relevo complexo da área de Kursk. A estrutura do plano, correta e ordenada no papel, exigia revisões significativas, acréscimos e até pequenas alterações. As inúmeras propostas dos governadores de Kursk AA Prozorovsky, FN Apelidos, AB Debalmena, AA Bekleshov, incluídas no planejamento da cidade, tornaram possível aproximar o esquema da realidade.[17]

O objetivo da remodelação foi a contabilidade completa e controle dos moradores. Para isso, a cidade foi dividida sob o governador Aleksandr Bekleshov em 4 partes, cada uma das quais administrada por um oficial de justiça privado. A reconstrução da cidade foi iniciada pelo agrimensor provincial Ivan Fedorovich Bashilov, o agrimensor distrital Ivan Shoshin, os arquitetos provinciais Vasily Yakovlev, Lavrenty Kalinovsky. Desde 1783, as decisões sobre questões de reurbanização eram tomadas por uma comissão composta por 3 funcionários, a saber, o agrimensor provincial, o prefeito e o magistrado do magistrado da cidade. A nova estrutura urbana - um bairro retangular com moradores de mesma renda, uma propriedade - facilitou muito a contabilidade e o controle dos habitantes pelas autoridades. O centro da cidade, construído com prédios de pedra, deveria assumir uma nova, " Esses requisitos foram atendidos pelo reassentamento dos moradores com base na classe. Os edifícios governamentais mais significativos erguidos em Kursk no final do século XVIII. de acordo com o plano, confirmado por Catarina II, eram locais públicos, uma prisão, uma casa de hóspedes, a escola pública principal, uma casa de uma assembleia nobre. O edifício do escritório do banco, magistrado e correios estava localizado ao longo das linhas vermelhas do desenvolvimento das ruas Florovskaya e Moskovskaya. O plano geral para o desenvolvimento de Kursk foi adotado em 1782. Foi construído de acordo com um plano regular com uma malha retangular clara de ruas. Foi baseado nas duas ruas principais Moskovskaya e Khersonskaya (agora Lenin e Dzerzhinsky), convergindo em ângulos retos na Praça Vermelha. Esses requisitos foram atendidos pelo reassentamento dos moradores com base na classe. Os edifícios governamentais mais significativos erguidos em Kursk no final do século XVIII. de acordo com o plano, confirmado por Catarina II, eram lugares públicos, uma prisão, uma casa de hóspedes, a escola pública principal, uma casa de uma assembleia nobre. O edifício do escritório do banco, magistrado e correios estava localizado ao longo das linhas vermelhas do desenvolvimento das ruas Florovskaya e Moskovskaya. O plano geral para o desenvolvimento de Kursk foi adotado em 1782. Foi construído de acordo com um plano regular com uma malha retangular clara de ruas. Foi baseado nas duas ruas principais Moskovskaya e Khersonskaya (agora Lenin e Dzerzhinsky), convergindo em ângulos retos na Praça Vermelha. Os edifícios governamentais mais significativos erguidos em Kursk no final do século XVIII. de acordo com o plano, confirmado por Catarina II, eram locais públicos, uma prisão, uma casa de hóspedes, a escola pública principal, uma casa de uma assembleia nobre. O edifício do escritório do banco, magistrado e correios estava localizado ao longo das linhas vermelhas do desenvolvimento das ruas Florovskaya e Moskovskaya. O plano geral para o desenvolvimento de Kursk foi adotado em 1782. Foi construído de acordo com um plano regular com uma malha retangular clara de ruas. Foi baseado nas duas ruas principais Moskovskaya e Khersonskaya (agora Lenin e Dzerzhinsky), convergindo em ângulos retos na Praça Vermelha. Os edifícios governamentais mais significativos erguidos em Kursk no final do século XVIII. de acordo com o plano, confirmado por Catarina II, eram lugares públicos, uma prisão, uma casa de hóspedes, a escola pública principal, uma casa de uma assembleia nobre. O edifício do escritório do banco, magistrado e correios estava localizado ao longo das linhas vermelhas do desenvolvimento das ruas Florovskaya e Moskovskaya. O plano geral para o desenvolvimento de Kursk foi adotado em 1782. Foi construído de acordo com um plano regular com uma malha retangular clara de ruas. Foi baseado nas duas ruas principais Moskovskaya e Khersonskaya (agora Lenin e Dzerzhinsky), convergindo em ângulos retos na Praça Vermelha. a principal escola pública, uma casa de uma nobre assembléia. O edifício do escritório do banco, magistrado e correios estava localizado ao longo das linhas vermelhas do desenvolvimento das ruas Florovskaya e Moskovskaya. O plano geral para o desenvolvimento de Kursk foi adotado em 1782. Foi construído de acordo com um plano regular com uma malha retangular clara de ruas. Foi baseado nas duas ruas principais Moskovskaya e Khersonskaya (agora Lenin e Dzerzhinsky), convergindo em ângulos retos na Praça Vermelha. a principal escola pública, uma casa de uma nobre assembléia. O edifício do escritório do banco, magistrado e correios estava localizado ao longo das linhas vermelhas do desenvolvimento das ruas Florovskaya e Moskovskaya. O plano geral para o desenvolvimento de Kursk foi adotado em 1782. Foi construído de acordo com um plano regular com uma malha retangular clara de ruas. Foi baseado nas duas ruas principais Moskovskaya e Khersonskaya (agora Lenin e Dzerzhinsky), convergindo em ângulos retos na Praça Vermelha.[18]

Um hospital da cidade, uma enfermaria regimental, um asilo e salinas foram construídos. As casas particulares mais notáveis ​​do final do século 18 que sobreviveram até hoje são as casas do proprietário de terras Denisiev (esquina de Sadovaya e Semyonovskaya) e o oficial Puzanov (Dzerzhinsky, 70), bem como a "casa do tesoureiro" (esquina de Radishcheva e Marata). O principal significado do plano geral da cidade de 1782 é que por cerca de 150 anos permaneceu o único documento que determinou o desenvolvimento da cidade de Kursk. O próximo plano mestre apareceu apenas em 1947, após a Segunda Guerra Mundial. [19] O número de edifícios residenciais de 1786 a 1836 aumentou insignificantemente, de 1989 casas para 2782 casas. Se algum edifício não correspondesse ao plano confirmado, era demolido.

A maior parte dos edifícios governamentais (escritórios, correios, magistrado, prisão, casas de bebidas, farmácias, hospital) foram construídos no final do século XVIII. No início do século 19, a construção foi realizada de forma insignificante: escritórios foram reparados, uma nova prisão foi construída, quase metade das ruas de Kursk tinham pavimentos de pedra, ao longo dos quais foram colocados canais de esgoto pluvial. As ruas foram nomeadas Sergievskaya, Tuskarnaya Naberezhnaya, Staraya, Novaya Preobrazhensky, Linha do general, Soldado, Druzhininskaya, Pastukhovskaya. Zolotarevskaya, Avraamovskaya e assim por diante. [20] Em 10 de julho de 1808, cinco assentamentos ( Sloboda) de Kursk (Podyacheskaya, Soldatskaya, Gorodovy Sluzhby, Malyrossiyskaya, Rassylnaya) tornou-se parte da cidade. Os assentamentos ao redor de Kursk (Kazatskaya, Pushkarskaya, Yamskaya, Streletskaya) tornaram-se parte da cidade somente após 1917. O Kozhevennaya Sloboda desapareceu do plano da cidade na década de 1940. O traçado dos assentamentos era tão regular quanto no centro provincial. As pastagens urbanas estavam localizadas entre o rio Seim, na fronteira do 3º distrito de Kursk e a Big Post Road de Kursk a Oboyan .

História

Edifícios da era de Stalin que flanqueiam a Praça Vermelha de Kursk
Vista pré-1917 de Kursk

O primeiro registro escrito de Kursk é datado de 1032. [2] Foi mencionado como uma das cidades Severianas pelo príncipe Igor em The Tale of Igor's Campaign :

Sela, irmão, seus corcéis velozes. Quanto aos meus, eles estão prontos, selados à frente, perto de Kursk; quanto aos meus Kurskers, eles são cavaleiros famosos — enfaixados sob chifres de guerra, amamentados sob elmos, alimentados com a ponta da lança; para eles as trilhas são familiares, para eles as ravinas são conhecidas, os arcos que eles têm estão bem amarrados, as aljavas abertas, os sabres afiados; eles mesmos, como lobos cinzentos, eles trotam no campo, buscando para si honra, e para seu príncipe, glória. [21]

Sede de um principado menor, Kursk foi invadida pelos polovtsianos nos séculos XII e XIII. Destruída pelos mongóis sob Batu Khan por volta de 1237, a cidade foi reconstruída o mais tardar em 1283. Entre 1360 e 1508, foi governada pelo Grão-Ducado da Lituânia . Kursk juntou-se ao estado russo centralizado em 1508, tornando-se sua província fronteiriça ao sul.

No entanto, um século depois, a cidade ressurgiu em um novo lugar; data dos motivos reconsiderados Kursk 1586 [9]. Em 1596 foi construída uma nova fortaleza, em 1616 estava guarnecida por mais de 1.300 soldados. No início do século XVII, Kursk foi repetidamente atacado pelas forças da Comunidade Polaco-Lituana (em 1612, 1616, 1617 e 1634), o Canato da Crimeia e a horda Nogai, mas a fortaleza de Kursk nunca foi tomada.

Moradores de Oryol e outras cidades do sul da Rússia foram reassentados em Kursk (em 1678, 2.800 haviam sido reassentados). A cidade se desenvolveu devido à sua posição geográfica vantajosa na rota mais curta de Moscou à Crimeia e de Moscou a Kiev. Era um importante centro do comércio de milho com a Ucrânia e sediava uma importante feira, que acontecia anualmente sob os muros do mosteiro de Nossa Senhora de Kursk .

Foi sucessivamente parte da província de Kiev (1708-1727), da província de Belgorod (1727-1779) e do vice- reinado de Kursk (1779-1797). O status de cidade foi concedido a Kursk em 1779, [3] e tornou-se o centro administrativo da província de Kursk em 1797.

Depois que um incêndio em 1781 devastou Kursk, um novo plano para a cidade foi desenvolvido no qual um centro de mercado seria colocado na praça central, conhecida como Praça Vermelha. Em 1768, a Igreja Voskresensko-Ilinskaya foi construída (em russo : Воскресенско-Ильинская церковь ). Em 1778, a catedral barroca de Sergiev e a Catedral de Trinity-Sergius foram concluídas. A cidade abriu sua primeira escola para nobreza em 1783. Um ginásio masculino foi inaugurado em 1808 e um seminário em 1817. Um ginásio feminino foi inaugurado em 1870. [ carece de fontes ]

No início do século 20, Kursk desempenhou um papel dominante na indústria de alimentos (Kvilitsu AK, uma das maiores cervejarias da Rússia, operada em Kursk) e em outras indústrias; na década de 1900, a cidade tinha 4 lojas sitoproboynye (das quais a maior era a fábrica de Tikhonov, cujos produtos eram exportados para a Alemanha, Áustria-Hungria etc.). Havia várias empresas de engenharia operando em Kursk (em 1914 havia sete, incluindo uma ferrovia). As condições de trabalho nas fábricas de Kursk eram duras e as greves dos trabalhadores eram frequentes (por exemplo, os trabalhadores da usina de açúcar entraram em greve em 1901-1903). Os trabalhadores de Kursk também participaram da greve política geral durante a Revolução Russa de 1905 .

Em 26 de novembro (9 de dezembro - novo estilo), 1917 os soviéticos tomaram o poder em Kursk. Em 20 de setembro de 1919, a cidade foi tomada pelas tropas sob o comando do general Denikin ; no entanto, em 19 de novembro de 1919, Kursk foi retomado pelo Exército Vermelho.

O governo soviético valorizou Kursk por seus ricos depósitos de minério de ferro e o transformou em um dos principais centros ferroviários do sudoeste russo. Em 1932, Yamskaya Sloboda foi incorporada à cidade. Em 1935, Kursk obteve seu primeiro sistema de bonde. Em 193?, a área da cidade de Kursk foi dividida em distrito de Leninsky (margem esquerda do rio Kura), distrito de Dzerzhinsky (margem direita do rio Kura) e distrito de Kirov (Yamskaya Sloboda). Em 1937, o distrito de Stalinsky foi formado na periferia sul da cidade.

Durante a Segunda Guerra Mundial, Kursk foi ocupada pela Alemanha entre 4 de novembro de 1941 – 8 de fevereiro de 1943 . Em julho de 1943, os alemães lançaram a Operação Cidadela na tentativa de recapturar Kursk. Durante a resultante Batalha de Kursk , a vila de Prokhorovka , perto de Kursk, tornou-se o centro de um grande combate blindado – a Batalha de Prokhorovka – entre as forças soviéticas e alemãs , que é amplamente considerada uma das maiores batalhas de tanques da história. A Operação Cidadela foi a última grande ofensiva alemã contra a União Soviética . ( 1941-11-04  – 1943-02-08 )

Os esforços de reconstrução da cidade começaram em fevereiro de 1944. A vida cultural também se recuperou: em 19 de fevereiro foi reaberto um cinema e em 27 de fevereiro - um teatro de teatro. Em 1953, o sistema de bondes começou a operar novamente. Em 1950, a economia urbana havia sido completamente restaurada. Em 17 de agosto de 1956, o distrito de Stalinsky foi renomeado como distrito de Promishlenost, e o distrito de Dzerzhinsky foi abolido e seu território dividido entre os distritos de Promishlenost e Leninsky.

Em 2009, pela primeira vez em 90 anos, no local da Theotokos de Kursk , o ícone mais reverenciado da Igreja Ortodoxa Russa , recebeu o nome de Hodigitria Russian diáspora .

Até 2010, Kursk tinha o status de assentamento histórico, mas o Ministério da Cultura russo privou a cidade desse status em 29 de julho de 2010 na resolução № 418/339.

Em 29 de outubro de 2011, pela primeira vez em 30 anos, a cidade inaugurou um novo quartel para proteção do Distrito Central, com equipamentos modernos. Em 2012, Kursk comemorou seu 980º aniversário.

Situação administrativa e municipal

Kursk é o centro administrativo do oblast [7] [8] e, no âmbito das divisões administrativas , também serve como centro administrativo do distrito de Kursky , embora não faça parte dele. [1] Como uma divisão administrativa, é incorporada separadamente como a cidade de significado oblast de Kursk - uma unidade administrativa com o status igual ao dos distritos . [1] Como uma divisão municipal , a cidade de significado oblast de Kursk é incorporada como Kursk Urban Okrug . [9]

Economia e infraestrutura

Usina Nuclear de Kursk

Além de sua importância como centro administrativo, Kursk é importante como centro industrial. A actividade centra-se na indústria de ferro, no sector químico e numa grande indústria de transformação alimentar, reflectindo a riqueza da agricultura na região envolvente da " Terra Negra ".

Particularmente notável é a chamada Anomalia Magnética de Kursk (em russo: Курская магнитная аномалия) , a maior reserva de minério de ferro conhecida do mundo, onde o teor de ferro do minério varia de 35% a 60%.

Em Kurchatov , cerca de 40 km (25 milhas) a sudoeste, está a Usina Nuclear de Kursk , incorporando quatro reatores RBMK -1000 ("Reator tipo Canal de Alta Potência") (em russo: Реактор Большой Мощности Канальный) reatores semelhantes aos implicado no desastre de Chernobyl em 1986 . O mais antigo dos reatores de Kursk está em operação desde 1977 e o mais novo deles desde 1986.

Atrações

O edifício mais antigo de Kursk é a igreja superior do Mosteiro da Trindade, um bom exemplo do estilo de transição característico do início do reinado de Pedro, o Grande . O edifício leigo mais antigo é a chamada Câmara Romodanovsky , embora tenha sido erguida com toda a probabilidade em meados do século XVIII, quando a família Romodanovsky deixou de existir.

A catedral da cidade foi construída entre 1752 e 1778 no esplêndido estilo barroco e foi decorada de forma tão suntuosa que muitos historiadores da arte a atribuíram a Bartolomeo Rastrelli . Embora a autoria de Rastrelli esteja fora de questão, a catedral é de fato o monumento mais impressionante do barroco elizabetano a não ser encomendado pela família imperial ou construído na capital imperial.

Catedral Sergievsko-Kazansky em Kursk, 1752-1778
Edifício do Banco Central da Rússia

A catedral tem dois andares, com a igreja inferior consagrada a São  Sérgio de Radonej e a superior — à Theotokos de Kazan . A igreja superior é conhecida por uma tela de ícones intrincada que levou dezesseis anos para ser concluída. A torre do sino da catedral de três andares tem um interesse peculiar pelo fato de Serafim de Sarov , cujo pai participou de obras, ter sobrevivido a uma queda acidental de seu último andar aos sete anos de idade. A Igreja da Ressurreição também é mostrada onde São Serafim foi batizado.

A catedral do mosteiro do Signo (1816-1826) é outro edifício imponente, rigorosamente formulado no mais puro estilo neoclássico , com uma cúpula de 20 metros de diâmetro e 48 metros de altura. O interior era anteriormente tão rico quanto mármores coloridos, dourados e afrescos poderiam torná-lo. Durante o período soviético, a catedral foi profanada, quatro cúpulas laterais e campanários gêmeos sobre a entrada foram derrubados. Existem planos para restaurar a igreja à sua antiga glória.

A cidade moderna é o lar de várias universidades: Kursk State Medical University , State Technical University, Kursk State University (antiga Universidade Pedagógica) e Academia Agrícola, bem como o Instituto Social Aberto Regional (ROSI) privado. Há também santuários e memoriais modernos que comemoram a Batalha de Kursk , tanto na cidade quanto em Prokhorovka.

O Command Station Bunker & Museum foi construído especificamente em homenagem às corajosas unidades russas de tanques T-34 que lutaram na Batalha de Kursk , onde um tanque T-34 está em exibição. Mais de 6.000 veículos blindados lutaram a curta distância sobre o território aberto perto de Kursk em 1943. [22] Esta batalha parou o avanço alemão no Kursk Salient, e foi um ponto de virada da Segunda Guerra Mundial na Frente Oriental.

Kursk desempenhou um papel na Guerra Fria como anfitrião da base aérea de Khalino .

Perto está Tsentralno-Chernozemny Zapovednik , uma grande parte do solo de estepe que nunca foi arado. Ele é usado para uma variedade de propósitos de pesquisa.

Educação

Transporte

Retro -tram - uma réplica de um bonde belga de 1898 nas ruas de Kursk

Desde 1868 existe uma ligação ferroviária entre Kursk e Moscovo. [23] Kursk está localizado em uma importante linha ferroviária entre Moscou e Kharkov, com trens também ligando a cidade a Voronezh e Kiev. O Aeroporto Kursk Vostochny oferece voos domésticos. O transporte público inclui ônibus, trólebus e bondes. Desde 2007, o transporte público introduziu um sistema de navegação por satélite. A extensão total da rede rodoviária da cidade de Kursk é de 595,8 km, dos quais 496,2 km de estradas são pavimentadas. As estradas da cidade têm acesso à rodovia federal M2 "Crimeia", bem como à rodovia A144 (Kursk - Voronezh - Saratov) e P199 ( fronteira com a Ucrânia ).

Estação Ferroviária de Kursk. Vista de Privokzal'naya Ploshchad', julho de 2009

Kursk ligava rotas de ônibus intermunicipais para cidades e vilas da região de Kursk e regiões vizinhas ( Belgorod Oblast , Bryansk Oblast , Voronezh Oblast , Oryol Oblast ), bem como Moscou, São Petersburgo e cidades da Ucrânia: Kharkiv e Sumy . Os ônibus de longa distância chegam e partem da estação rodoviária "Kursk", localizada na parte noroeste da cidade.

Em 5 de setembro de 2011 em Kursk comissionado tarifa sistema de monitoramento automatizado. [24] A implementação do sistema em funcionamento é efectuada pela Kursk Integrated Ticket System passou a ocorrer em três fases: Na fase inicial é implementada a versão parcialmente aberta do sistema, em que a venda de bilhetes e cartões sociais de controlo de viagens efectuados na cabine de condutores de transporte público com validadores portáteis, a segunda etapa envolve a instalação de validadores estacionários, terceira - catracas de comissionamento. Após a conclusão da implantação, o acionamento do sistema de monitoramento automatizado funcionará no modo “fechado”: ​​serão instaladas catracas na entrada e saída de passageiros. A partir de setembro de 2011 catracas instaladas em 44 ônibus, 10 trólebus e bondes 5.

Cultura e esportes

A Kursk State University abriga a Orquestra de Câmara Russa, sob a direção do maestro e solista de trompete Sergey Proskurin. A orquestra se apresenta regularmente, faz turnês internacionais e produziu vários CDs. [25]

Teatro Pushkin localizado no centro da cidade. Tem companhia permanente, bem como shows de visitação.

Em 2016, a Liga Russa de Hóquei Feminino se expandiu para Kursk, com o novo clube Dynamo Kursk.

A banda Little Tragedies é originária de Kursk.

meios de comunicação

Os radioamadores de Kursk desde 1935 podiam receber transmissões de televisão de Moscou. Em 1960, o Comitê de Rádio e Televisão foi criado pelo Comitê Executivo Kursk Oblast. A primeira transmissão da televisão local foi ao ar em 14 de janeiro de 1961. [26] As principais operadoras de telefonia fixa e celular estão ativas na cidade.

Clima

Dados climáticos para Kursk (1991–2020, extremos 1833–presente)
Mês janeiro fevereiro março abril Maio junho julho agosto setembro Outubro novembro dezembro Ano
Registrar alta °C (°F) 7,5
(45,5)
9,5
(49,1)
18,9
(66,0)
28,1
(82,6)
32,6
(90,7)
36,5
(97,7)
37,2
(99,0)
38,8
(101,8)
33,0
(91,4)
26,8
(80,2)
17,7
(63,9)
10,2
(50,4)
38,8
(101,8)
Média alta °C (°F) −3,5
(25,7)
−2,6
(27,3)
3,1
(37,6)
12,9
(55,2)
20,0
(68,0)
23,5
(74,3)
25,5
(77,9)
24,8
(76,6)
18,3
(64,9)
10,6
(51,1)
2,5
(36,5)
−2,1
(28,2)
11,1
(52,0)
Média diária °C (°F) −5,9
(21,4)
−5,5
(22,1)
−0,3
(31,5)
8,2
(46,8)
14,8
(58,6)
18,4
(65,1)
20,3
(68,5)
19,4
(66,9)
13,5
(56,3)
6,9
(44,4)
0,1
(32,2)
−4,3
(24,3)
7,1
(44,8)
Média baixa °C (°F) −8,3
(17,1)
−8,2
(17,2)
−3,4
(25,9)
3,9
(39,0)
9,8
(49,6)
13,5
(56,3)
15,4
(59,7)
14,4
(57,9)
9,3
(48,7)
3,8
(38,8)
−2,0
(28,4)
−6,6
(20,1)
3,5
(38,3)
Gravar °C baixo (°F) −34,5
(−30,1)
−35,3
(−31,5)
−32,6
(−26,7)
−15,6
(3,9)
−6,1
(21,0)
0,4
(32,7)
6,1
(43,0)
1,9
(35,4)
−3,9
(25,0)
−17,4
(0,7)
−25,0
(−13,0)
−32,7
(−26,9)
−35,3
(−31,5)
Precipitação média mm (polegadas) 47
(1,9)
41
(1,6)
45
(1,8)
41
(1,6)
56
(2,2)
65
(2,6)
78
(3.1)
47
(1,9)
63
(2,5)
58
(2,3)
44
(1,7)
47
(1,9)
632
(24,9)
Profundidade média extrema da neve cm (polegadas) 14
(5,5)
20
(7,9)
15
(5,9)
1
(0,4)
0
(0)
0
(0)
0
(0)
0
(0)
0
(0)
0
(0)
2
(0,8)
7
(2,8)
20
(7,9)
Dias chuvosos médios 9 8 9 15 16 17 17 13 16 16 14 11 161
Dias médios de neve 23 21 15 4 0,4 0 0 0 0,4 3 13 22 102
Umidade relativa média ( %) 86 83 78 66 61 68 69 67 74 80 87 87 76
Horas médias mensais de sol 62 79 120 175 258 278 282 255 180 118 45 36 1.888
Fonte 1: Pogoda.ru.net [27]
Fonte 2: NOAA (sol, 1961-1990) [28]

Honras

Pessoas notáveis

Cidades gêmeas – cidades irmãs

Kursk é geminada com: [30]

Antigas cidades gêmeas:

Em 8 de março de 2022, a cidade polonesa de Tczew encerrou sua parceria com Kursk como resposta à invasão russa da Ucrânia em 2022 . [31]

Referências

Notas

  1. ^ a b c d e f Resolução nº 489
  2. ^ a b "Kursk" . sochi2014 . com . Recuperado em 4 de abril de 2014 .
  3. ^ a b A Encyclopædia Britannica: A Dictionary of Arts, Sciences, and General Literature, Volume 14 . Maxwell Sommerville. 1894. pág. 162.
  4. ^ БД ПМО Курской области. Город Курск
  5. ^ a b Serviço Federal de Estatísticas do Estado Russo (2011). Всероссийская перепись населения 2010 года. Том 1[Censo da População de Toda a Rússia de 2010, vol. 1].Всероссийская перепись населения 2010 года [Censo da População de Toda a Rússia de 2010](em russo). Serviço Federal de Estatística do Estado .
  6. ^ "26. ччччлно<ь по по по 12 по по 12 по по по 12 по по по 12 по по по по 12 п пос пос по по по land на пос пос пос пос по по поса Í uma н по по ч decid da йо й й 12 по 12 26. 26. 26 . Serviço Federal de Estatística do Estado . Recuperado em 23 de janeiro de 2019 .
  7. ^ a b Atlas do investimento, econômico, ecológico e empresarial do russo do risco . Publicações Internacionais de Negócios. 2005. pág. 177. ISBN  9780739706558.
  8. ^ a b Diretório enciclopédico do governo regional de Rússia . Publicações Internacionais de Negócios. 2009. pág. 207. ISBN  9781438740836.
  9. ^ a b c d Lei nº 48-ZKO
  10. ^ "Об исчислении времени" . Официальный интернет-портал правовой информации (em russo). 3 de junho de 2011 . Recuperado em 19 de janeiro de 2019 .
  11. ^ Informações locais dos correios - http://www.russianpost.ru/PostOfficeFindInterface/FindOPSByPostOfficeID.aspx?index=305000
  12. ^ Serviço Federal de Estatísticas do Estado Russo (21 de maio de 2004). Численность населения России, субъектов Российской Федерации в составе федеральных округов, районов, городских поселений, сельских населённых пунктов – районных центров и сельских населённых пунктов с населением 3 тысячи и более человек[População da Rússia, seus distritos federais, súditos federais, distritos, localidades urbanas, localidades rurais – centros administrativos e localidades rurais com população superior a 3.000] (XLS) .Всероссийская перепись населения 2002 года [Censo populacional de toda a Rússia de 2002](em russo).
  13. ^ Всесоюзная перепись населения 1989 г. Численность наличного населения союзных и автономных республик, автономных областей и округов, краёв, областей, районов, городских поселений и сёл-райцентров[Todo o Censo da População da União de 1989: População Atual das Repúblicas da União e Autônomas, Oblasts Autônomos e Okrugs, Krais, Oblasts, Distritos, Assentamentos Urbanos e Aldeias Servindo como Centros Administrativos Distritais].Всесоюзная перепись населения 1989 года [Censo da População da União de 1989](em russo). Институт демографии Национального исследовательского университета: Высшая школа экономики [Instituto Superior de Demografia da Universidade Nacional de Pesquisa Econômica]. 1989 – via Demoscope Weekly .
  14. ^ [1] , linha Belgorod: descrição, fatos históricos, criação.
  15. ^ Мерников А. Г. Крепости России. Большая энциклопедия, p. 178
  16. ^ Древнерусские городища X–XIII вв. Свод археологических памятников / Ред. À. К. Зайцев. Российский гуманитарный научный фонд.. — М.: Христианское издательство
  17. ^ Курск. Устен Воскресенского храма нашли монеты времён Ивана Грозного
  18. ^ Как изменится Курск за 20 лет
  19. ^ «Формирование первого генерального плана г. Курска» -процессразработки генерального плана Курска, конфирмованного Екатериной II em 1782 г.
  20. ^ Михайленко Татьяны Георгиевны «История планировки и застройки курска (конец xviii- начало xix).»
  21. A Canção da Campanha de Igor, Igor filho de Svyatoslav e neto de Oleg. Traduzido por Vladimir Nabokov. 78–95
  22. ^ "Dr. Ed Norris, Missões Indígenas Mundiais, 2007" . Arquivado a partir do original em 30 de setembro de 2007 . Recuperado em 29 de julho de 2007 .
  23. ^ "Estação Ferroviária em Kursk" (em russo). Arquivado do original em 23 de março de 2012 . Recuperado em 1 de dezembro de 2012 .
  24. ^ На общественном транспорте в Курске запущена система контроля оплаты проезда(em russo). Официальный сайт Главы города Курска e Курского городского Собрания. 14 de setembro de 2011. Arquivado a partir do original em 27 de outubro de 2012 . Recuperado em 8 de outubro de 2011 .
  25. ^ "Orquestra de Câmara Russa" . Arquivado a partir do original em 31 de janeiro de 2008.
  26. ^ "ГТРК "Курск": 50 лет в эфире" (em russo). ИА KURSKCiTY. 21 de setembro de 2010 . Recuperado em 28 de março de 2011 .
  27. ^ "Tempo e Clima - O Clima de Kursk" (em russo). Tempo e Clima (Погода и климат) . Recuperado em 8 de novembro de 2021 .
  28. ^ "Normais do clima de Kursk 1961-1990" . Administração Nacional Oceânica e Atmosférica . Recuperado em 29 de outubro de 2021 .
  29. ^ Dicionário de nomes de planetas menores, p.253
  30. ^ "Партнерские связи" . kurskadmin.ru (em russo). Kursk. Arquivado do original em 3 de julho de 2016 . Recuperado em 4 de fevereiro de 2020 .
  31. ^ "Tczew zrywa współpracę z miastami partnerskimi z Rosji i Białorusi" (em polonês) . Recuperado em 13 de março de 2022 .

Origens

  • Губернатор Курской области. Постановление №489 de 6 de novembro de 2008 г. «Об утверждении реестра административно-территориальных единиц населённых пунктов Курской области», . Постановления №26-пг от 29 января 2013 г. «О внесении изменений и дополнений в Постановление Губернатора Курской области от 06.11.2008 №489 "Об утверждении реестра административно-территориальных единиц населённых пунктов Курской области"». Вступил в силу 6 ноября 2008 г. (Governador de Kursk Oblast. Resolução nº 489 de 6 de novembro de 2008 sobre a adoção do Registro das Unidades Administrativas-Territoriais e Localidades Habitadas de Kursk Oblast , conforme alterada pela Resolução nº 26-pg de 29 de janeiro de 2013Sobre a alteração e complementação da Resolução nº 489 do Governador de Kursk Oblast de 6 de novembro de 2008 "Sobre a adoção do registro das unidades administrativo-territoriais e localidades habitadas de Kursk Oblast" . Em vigor a partir de 6 de novembro de 2008.).
  • Курская областная Дума. Закон №48-ЗКО от 21 октября 2004 г. «О муниципальных образованиях Курской области», в ред. Закона №65-ЗКО от 23 августа 2011 г. «О внесении изменений и дополнений в Закон Курской области "О границах муниципальных образований Курской области", Закон Курской области "О муниципальных образованиях Курской области"». Вступил в силу со дня официального опубликования. Опубликован: "Курская правда", №214, 30 октября 2004 г. (Duma de Kursk Oblast. Lei nº 48-ZKO de 21 de outubro de 2004 sobre as formações municipais de Kursk Oblast , conforme alterada pela Lei nº 65-ZKO de 23 de agosto de 2011 sobre alteração e complementação da lei de Kursk Oblast "Nas fronteiras das Formações Municipais de Kursk Oblast", Lei de Kursk Oblast ". Em vigor a partir do dia da publicação oficial.).

links externos